Será que Isso é Importante Para a Minha Salvação? | Intérprete Nefita
Logo

Será que Isso é Importante Para a Minha Salvação?

Será que Isso é Importante Para a Minha Salvação?

Pergunta:

Olá,

Sou estudante de história e gosto muito de buscar aprender mais sobre os ensinamentos do Evangelho, tanto de um ponto de vista espiritual como secular. É comum no entanto na Igreja o conceito de que tais coisas "não são importantes para nossa salvação" ou que "não devemos nos preocupar com isso pois uma dia essas coisas nos serão reveladas." Como devemos lidar com esse tipo de situação?

Carolina, RJ
 


Resposta:

Olá Carolina,

Essa sem dúvida é uma excelente questão. 

Naturalmente é requerido de todos os membros da Igreja que mantenham um contínuo curso no estudo e prática dos princípios básicos do Evangelho. No entanto, é preciso compreender que a busca pelo conhecimento de nossa própria fé e história não é uma competição com o estudo diário do Evangelho, mas algo que deve andar de mãos dadas e de maneira paralela.

O Presidente Brigham Young, sobre isso declarou:

"A religião de Jesus Cristo não somente torna as pessoas familiarizadas com as coisas de Deus, desenvolvendo no íntimo delas a virtude moral e a pureza, mas também proporciona-lhes todo o incentivo e persuasão possíveis para que cresçam em conhecimento e inteligência em todos os ramos da mecânica ou no campo artístico e científico. Toda a sabedoria, todas as artes e ciências do mundo pertencem a Deus e têm como propósito o benefício de Seu povo."[1]

Se "toda a sabedoria... e ciências do mundo pertencem a Deus" como ensinado pelo Presidente Young, quão insensato e imprudente seria não buscá-las? Brigham Young então concluiu e aconselhou:

"A maior dificuldade que temos de enfrentar é a que pode ser denominada de ignorância ou a falta de conhecimento das pessoas(...) Empreguem toda a habilidade que tiverem para adquirir conhecimento o mais rápido possível, reúnam toda a vitalidade da mente e princípio de fé que puderem e, então, transmitam o conhecimento."[1]

Fica evidente então que a busca ao conhecimento secular e espiritual são ambas vitais para nosso engrandecimento na mortalidade e possui consequências grandiosas para a vida vindoura. As escrituras são claras ao afirmar que "a glória de Deus é inteligência ou, em outras palavras, luz e verdade”[2] e de que “qualquer princípio de inteligência que alcançarmos nesta vida, surgirá conosco na ressurreição” [3].

Joseph Fielding Smith, um dos líderes Mórmons mais conhecidos, debateu amplamente os mais variados tópicos e doutrinas grandiosas do Evangelho e uma de suas obras mais populares curiosamente se chama "Doutrinas de Salvação," indicando que qualquer conhecimento e princípio histórico, científico e doutrinário é sim importante para a nossa salvação.

Com relação à abordagem apropriada na Igreja para assuntos ou questões complexas o Elder Ballard recentemente declarou:

“Foram-se os dias em que um estudante perguntava uma questão honesta e o professor respondia, ‘não se preocupe com isso’. Foram-se os dias em que um estudante levantava uma preocupação real e o professor prestava seu testemunho como uma resposta, visando evitar o assunto. Foram-se os dia em que estudantes estavam protegidos de pessoas que atacam a Igreja (...) É perfeitamente aceitável dizer, 'Eu não sei.' Entretanto, uma vez que isso é dito, você possui a responsabilidade de encontrar as melhores respostas para as questões sinceras feitas por seus estudantes.

Não há absolutamente nada de errado em fazer perguntas, pesquisar nossa história, doutrina e práticas. A restauração apenas começou quando Joseph buscou respostas para suas perguntas sinceras. Pais, jovens líderes, professores da Igreja, incluindo educadores do seminário, instituto e da BYU; Bispos e Presidentes da Sociedade de Socorro e de Estaca… Quando alguém vem até você com uma questão ou preocupação, por favor não a menospreze—não diga a ele ou a ela para não se preocupar com a questão. Por favor, não duvide da dedicação da pessoa ao Senhor ou Sua obra. Ao invés disso, ajude a pessoa a encontrar respostas para suas questões.”

Um resumo do discurso, citações e referências do Elder Ballard pode ser encontrado clicando aqui.

Dessa forma, é necessário que quebremos alguns paradigmas e velhos conceitos no que diz respeito ao que é importante ou não para nossa salvação. Cada membro da Igreja possui um testemunho, mente e fé diferente e nem toda aplicação que funciona para uma pessoa necessariamente funcionará para a outra. Se alguns membros se sentem bem e "preenchidos" espiritualmente apenas estudando os princípios básicos do Evangelho, não há problema algum nisso. De maneira similar, precisamos igualmente respeitar membros que desejam conhecer outros aspectos seculares do Evangelho.

Abraço,

Intérprete Nefita


Ps: Uma abordagem mais detalhada do conceito "isso não é importante para a minha salvação" pode ser encontrada em um artigo anteriormente publicado em nosso site clicando aqui.