O Paradoxo da Onipotência de Deus - Doutrinas do Evangelho | Intérprete Nefita

O Paradoxo da Onipotência de Deus

Uma discussão sobre os conflitos lógicos inerentes em não se definir com cuidado o conceito de onipotência para Deus.


Por Lukas Montenegro 20 de Fevereiro de 2022
O Paradoxo da Onipotência de Deus

Um dos atributos de Deus mais citados nas escrituras é sua onipotência. Ele é descrito como "Todo-poderoso" [1], o que tem "todo o poder" [2], Aquele para quem "nada é impossível" [3], etc. Entretanto em outros momentos as escrituras parecem impor limitações aos poderes de Deus. Por exemplo, ele "não pode mentir" [4]; em outra passagem Ele está "obrigado" [5] a cumprir sua parte, quando fazemos o que Ele diz. A pergunta que surge então é: Qual das duas situações é figurativa e qual é literal? Deus é ou não é onipotente?


A discussão filosófica sobre a onipotência de Deus é chamada de "Paradoxo da Onipotência", e pode ser dividido em três categorias principais:

1. Paradoxo da onipotência em termos físicos.
2. Paradoxo da onipotência em termos lógicos.
3. Paradoxo da onipotênica em termos de caráter e personalidade.

O propósito deste artigo é apresentar cada uma destas categorias e discutir possíveis respostas. Conquanto cientes de que certeza absoluta sobre temas como este não existe, o debate e a reflexão pode nos levar à um interessante aprendizado. 

 

Paradoxo da Onipotência em Termos Físicos

Esse primeiro tipo de paradoxo da onipotência pode ser resumido no seguinte exemplo: "Poderia Deus criar uma pedra mais pesada do que Ele conseguisse levantar?". Se Deus é capaz de criar a pedra, então Ele deixa de ser onipotente por não mais poder levantá-la; se Ele não pode criar a pedra, então não é onipotente porque existe algo que Ele não pode criar.

Filósofos e teólogos ao longo dos séculos têm tentado resolver este paradoxo. A maioria parece pender para o lado de que Deus não pode criar algo como "uma pedra tão pesada que não possa levantar". Santo Agostinho de Hipona, por exemplo, argumentou que "Deus é chamado onipotente devido a poder fazer o que deseja, e não por permitir que existam coisas que não possa. Portanto, Ele não pode fazer algumas coisas devido ao fato de ser onipotente" [6]. Assim ocorre uma reformulação do termo "onipotência". Em outras palavras, Deus pode fazer todas as coisas, desde que preservem seu status de onipotência.

 

Paradoxo da Onipotência em Termos Lógicos

Ese segundo tipo de paradoxo pode ser descrito da seguinte forma: "Pode Deus fazer coisas como desenhar círculos-quadrados ou corretamente calcular 1+1=3?". Esse paradoxo é de certa forma mais complicado do que o primeiro, pois esbarra na própria definição de conceitos como círculos e conjuntos numéricos. Um "círculo-quadrado" ou continuaria sendo um círculo (não tendo nada de quadrado), ou passaria a ser um quadrado e perderia suas propriedades de círculo.

A maioria dos filósofos e teólogos respondem a este paradoxo de forma semelhante ao primeiro, de que Deus é onipotente "de acordo com a consistência de sua própria natureza", como diria o Dr. William Lane Craig [7], significando que tudo que Deus pode fazer está dentro de uma consistência lógica.

 

Paradoxo da Onipotência em Termos de Caráter e Personalidade

Talvez esse seja o mais "fraco" dos paradoxos, pois esbarra numa discussão sobre a literalidade dos atributos e personalidade de Deus. Algumas passagens das escrituras afirmam coisas como "Deus não pode mentir" (atributo da verdade) ou "Deus está obrigado quando fazemos o que é ordenado" (atributo da honestidade) [4,5].

Se interpretarmos essas passagens como literais, então de fato há uma limitação à onipotência de Deus no fato de que Ele, por exemplo, é incapaz de mentir. O contra-argumetno óbvio aqui seria de que Deus poderia, se o desejasse, agir de maneira imoral (contar uma mentira, ser desonesto, etc.), porém Sua atitude é consistente com seu entendimento dos princípios morais que ensina, o que retorna a posição do Dr. Craig sobre "onipotência consistente com sua natureza". 

 

Conclusão

Algumas pessoas talvez vejam esta discursão como frívola e acreditem numa abordagem mais "radical" das coisas, como proposto por Harry Frankfurt [8]: a onipotência de Deus é tal que Ele pode todas as coisas, inclusive quebrar leis da natureza e regras da lógica bem estabelecidas. Esse pensamento é complicado, entretanto, por incorrer em seu próprio paradoxo: se Deus é onisciente, por que criar leis naturais e lógicas que o limitassem ou que viessem à ser quebradas? É consistente, portanto, imaginar que Deus de fato opera com um tipo de onipotência consistente com a lógica e com sua própria natureza.

 

REFERÊNCIAS:

[1] Apocalipse 1:8, 19:6;
[2] Alma 26:35, D&C 19:3;
[3] Lucas 1:37, Isaías 43:13;
[4] Hebreus 6:18;
[5] D&C 82:10;
[6] Santo Agostinho de Hipona, "A Cidade de Deus", na versão inglesa - pg. 93.
[7] William Lane Craig, "Reasonable Faith", n.96: Logical Truth and Omnipotence.
[8] Harry Frankfurt, "The Logic of Omnipotence", Philosophical Review (1964).



COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Mais de Doutrinas do Evangelho
O Paradoxo da Onipotência de Deus

O Paradoxo da Onipotência de Deus

Uma discussão sobre os conflitos lógicos inerentes em não se definir com cuidado o conceito de onipotência para Deus.

6 Fatos Incríveis Sobre a Doutrina da Ressurreição

6 Fatos Incríveis Sobre a Doutrina da Ressurreição

Entendendo diferentes aspectos do dia em que toda a vida ressurgirá

Como Saber se é Verdade?

Como Saber se é Verdade?

Uma reflexão instrutiva sobre nossa busca pela verdade.

A Árvore do Conhecimento e a 2º Lei da Termodinâmica

A Árvore do Conhecimento e a 2º Lei da Termodinâmica

Uma análise de como o princípio da entropia permeia todos os aspectos do universo físico e espiritual.

O Ciclo da Propagação Ondular da Pura Alegria

O Ciclo da Propagação Ondular da Pura Alegria

Uma análise da experiência vivida por Amon, o rei Lamôni e integrantes de sua corte e sua relação com uma conversão verdadeira e a pregação do evangelho.

Arbítrio, Onisciência e a Teoria do Caos

Arbítrio, Onisciência e a Teoria do Caos

Entendendo a matemática utilizada por Deus na construção do universo e realidade.

Os Blocos de Edificação do Universo

Os Blocos de Edificação do Universo

O Evangelho de Jesus Cristo no Nível Subatômico.

4 Evidências Filosóficas de Que Deus Existe

4 Evidências Filosóficas de Que Deus Existe

Analisamos nesse artigo a estrutura de quatro argumentos que indicam que sim, Deus existe.

Tempo, Espaço e o Infinito Mensurável

Tempo, Espaço e o Infinito Mensurável

O debate a cerca da existência de um Deus tem por muitos séculos estado no centro das reflexões filosóficas e moldado consequentemente o próprio desenvolvimento da humanidade em todos os aspectos.

Animais e o Plano de Salvação

Animais e o Plano de Salvação

Uma das questões frequentemente levantadas a cerca da aplicação das leis do Plano de Salvação diz respeito ao propósito e destino eterno da vida animal criada por Deus.

Mórmons, Macacos e a Teoria da Evolução

Mórmons, Macacos e a Teoria da Evolução

Dentre as inúmeras características humanas que nos distinguem das demais formas de vida existente em nosso planeta se destaca a capacidade do homem de questionar a própria origem, propósito e existência.

Filhos de Perdição - Natureza e Destino

Filhos de Perdição - Natureza e Destino

Dentre os assuntos mais obscuros e que despertam em muitos a curiosidade em relação à doutrina de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Ele Ressuscitou

Ele Ressuscitou

Ao nos aproximarmos da celebração da Páscoa recordamos a vida do Salvador Jesus Cristo, sua expiação, morte e ressurreição ao terceiro dia. A Páscoa nos tempos antigos comemorava a ocasião em que os filhos de Israel foram libertados da escravidão no Egito, enquanto no novo testamento comemora a missão cumprida de Cristo e sua vitória sobre a morte.

Negros e Pele Escura nas Escrituras

Negros e Pele Escura nas Escrituras

Um dos conceitos amplamente presentes no relato histórico do Livro de Mórmon é a separação física e espiritual da nação Nefita em relação à Lamanita.

14 Questões Respondidas Sobre Selamento no Templo

14 Questões Respondidas Sobre Selamento no Templo

Uma das maiores bençãos que o Evangelho restaurado proporciona é a esperança de assegurarmos para toda a eternidade a unidade familiar por meio do selamento nos Templos. 

E Se Jesus Não Houvesse Realizado a Expiação?

E Se Jesus Não Houvesse Realizado a Expiação?

Uma das melhores formas de compreender a necessidade da expiação é imaginar como o mundo seria sem ela

Caim - Maldição, Marca e Mitos

Caim - Maldição, Marca e Mitos

A ideia de que Caim permanece vivo até hoje é um dos maiores mitos na Igreja e também um dos mais incompreensíveis.

Mórmons, Negros e o Sacerdócio

Mórmons, Negros e o Sacerdócio

Com uma ampla variedade de culturas, raças, nacionalidades e classes sociais, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias atualmente ensina que toda a família humana provém de Pais Celestiais que os amam e se importam com cada um de Seus filhos.

A Guerra nos Céus e o Plano de Lúcifer

A Guerra nos Céus e o Plano de Lúcifer

Ao estudarmos a doutrina da vida pré-mortal, temos a oportunidade de entender pontos cruciais sobre nossa origem e possivelmente a primeira grande escolha que tivemos que fazer em nossa existência até então, apoiar ou rejeitar o plano de Deus para seus filhos. 

Um Estudo dos Ensinamentos Históricos Sobre a Mãe Celestial

Um Estudo dos Ensinamentos Históricos Sobre a Mãe Celestial

Entenda quais são as verdades, mitos e principais referências a respeito deste que é um dos pilares mais fundamentais do Evangelho.

© 2022 Intérprete Nefita. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Prudente Empresas